Quinta, 22 de fevereiro de 201822/2/2018
75 9 9102-7312
FTC CAPA DO SITE
| SANTO ESTEVÃO |
Confirmado morte por febre amarela em Santo Estêvão
De acordo com Edy Gomes, o paciente recebeu a dose padrão da vacina. Ele explica que a reação à vacina é algo muito raro e que o paciente fazia uso de álcool, tinha complicações hepáticas, o que pode ter agravado a situação no sentido de potencializar algum dano hepático da reação adversa à vacina
Redação Correio da Cidade Santo Estevão - BA
Postada em 26/01/2018 ás 08h52
Confirmado morte por febre amarela em Santo Estêvão

Um senhor de 57 anos morreu no último dia 22 com sintomas de febre amarela no município de Santo Estevão. Ontem (25) foi divulgado o resultado dos exames, que confirmou a morte por febre amarela. De acordo com o diretor do Núcleo Regional de Saúde (NRS), Edy Gomes, o paciente fez uso da vacina e ainda não há a confirmação se ele adquiriu a doença por meio de transmissão pelo mosquito.


“Existe a possibilidade desse paciente ter tido uma reação adversa à vacina. Isso a gente só vai poder saber depois do sequenciamento genético do vírus encontrado. Isso já está sendo feito no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e o resultado deve sair na próxima semana”, afirmou.


Reação adversa à vacina da febre amarela é rara



De acordo com Edy Gomes, o paciente recebeu a dose padrão da vacina. Ele explica que a reação à vacina é algo muito raro e que o paciente fazia uso de álcool, tinha complicações hepáticas, o que pode ter agravado a situação no sentido de potencializar algum dano hepático da reação adversa à vacina.


“A gente só vai poder fechar depois desse sequenciamento. Quem tem reação adversa começa a desenvolver sintomas parecidos com os da doença”, explicou.


Segundo Edy, existe a possibilidade de em Santo Estevão ter a vacinação para toda a população. Segundo ele, até segunda-feira já deve ter uma definição, após o resultado do sequenciamento genético.


“Com esse resultado, vamos poder ter uma atitude mais ostensiva, mas já foi autorizada a aplicação de fumacê nas redondezas onde morava o paciente e estamos avaliando a possibilidade de liberar a vacina para todo o município”, destacou.


Em Itaberaba, onde um paciente morreu com febre amarela, a campanha de vacinação ainda está ocorrendo. “Já estamos com cerca de 70% da população vacinada”, informou Edy Gomes.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium
 POUP UP