Segunda, 11 de dezembro de 201711/12/2017
75 9 9102-7312
FTC TOPO - DENTRO DA NOTÍCIA
| POLÍCIA |
'Eu falei com eles não atirem não. E eles atiraram', disse a mãe de menina assassinada em Feira
Segundo o delegado Gustavo Coutinho, os autores do crime já foram identificados
Redação Correio da Cidade Santo Estevão - BA
Postada em 07/12/2017 ás 11h37
'Eu falei com eles não atirem não. E eles atiraram', disse a mãe de menina assassinada em Feira

A mãe da garota de 10 anos Aryana de Jesus Viena, que morreu na noite de ontem (6), no Hospital Estadual da Criança (HEC), após ter sido baleada na região do abdômen por traficantes, implorou aos suspeitos que não atirassem contra a residência da família, situada na Rua Leovigílio Lacerda, no conjunto Liberdade.


Segundo ela, quatro homens chegaram ao local à procura do seu filho Rafael, que não estava em casa, e como não o encontraram, começaram a atirar. Quando eles perceberam que a menina foi baleada correram. "Eu falei com eles, não atirem não. E eles atiraram", disse a mãe de Aryana.


A mãe confirmou que Rafael já teve envolvimento com o tráfico de drogas, mas que, segundo ela, abandonou a facção e conseguiu um emprego formal.


“Ele se envolveu, mas quando sai eles querem cobrar. Meu filho tinha saído, arranjou um trabalho e tinha família. Já não queria mais se envolver. Só que eles queriam que meu filho se envolvesse de novo, e meu filho disse que não ia mais. E aí eles fizeram isso, vieram pra matar ele. Ele está trabalhando de carteira assinada e esses ‘caras’ estavam ameaçando ele de morte”, afirmou a mãe.


Ela relatou que mesmo avisando aos homens que o filho não estava em casa, eles insistiram e deflagraram os tiros no local.


“Eu gritei e falei que minha filha estava dentro de casa e eles queriam invadir a casa, mas eu não deixei e eles começaram a deflagrar os tiros. Eu quero providência, quero Justiça, minha filha foi minha amiga e minha companheira e eles tiraram a vida dela”, desabafou.


Aryana de Jesus Viena morreu por volta das 18h de ontem. A delegada Bianca Tores Andrade efetuou o levantamento cadavérico no hospital, e o corpo da criança foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para ser necropsiado.


Segundo o delegado Gustavo Coutinho, os autores do crime já foram identificados.


 

FONTE: Acorda Cidade
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium
 CABRAL - POUP UP